Newsletter VRSA
 [ nº210 ] 21 28 maio 2015 TwitterFacebook / www.cm-vrsa.pt 
Foto do destaque principal
 
 Final da dragagem da foz do Guadiana
amplia potencialidades turísticas de VRSA
 
  
 Os governos de Portugal e Espanha terminaram a obra de desassoreamento da barra do Guadiana, devolvendo a navegabilidade à foz do rio, que agora recuperou uma profundidade mínima de 3,5 metros.

A intervenção - avaliada em 850 mil euros - teve por base o memorando de entendimento assinado em Lisboa, em 2014, entre o Governo Português e a Junta de Andaluzia, e foi conduzida pela Consejería de Fomento y Vivienda da Andaluzia.

Para Luís Gomes, presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, «a operação irá aumentar as valências marítimo-turísticas do território do Baixo Guadiana e amplia as potencialidades de requalificação da frente ribeirinha de VRSA».

Esta obra tem um caráter histórico, uma vez que concretiza um desejo ambicionado pelos algarvios há quase 30 anos e

Ver mais
 permite a navegação, em segurança, das embarcações turísticas, desportivas e pesqueiras.

A dragagem incidiu numa zona de 1250 metros de comprimento por 60 metros de largura, tendo sido retirados cerca de 63 mil metros cúbicos de sedimentos do fundo do Rio Guadiana, que foram utilizados para realimentar as praias mais próximas da foz.

Para o presidente da autarquia de VRSA, «as dragagens representam igualmente uma clara vitória da Eurocidade do Guadiana», tendo destacado que, «pela primeira vez, se passou dos projetos a uma intervenção no terreno».

A obra de desassoreamento da barra do Guadiana foi financiada pelo Programa Europeu de Cooperação Transfronteiriça Espanha – Portugal (POCTEP), em Portugal conduzido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve.
 
  
Foto destaque secundárioVRSA entrega prémio literário
António Rosa Mendes

A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António entregou, esta quinta-feira, o «Prémio Nacional de Ensaio Histórico António Rosa Mendes», no valor de 10 mil euros, com o objetivo de promover a investigação e a literatura sobre história no nosso país.

Daniel Norte Giebels, autor do trabalho «D. João de Melo e Castro», e Marco Sousa Santos, autor da obra «A representação da honra feminina no Algarve na Época Moderna: o recolhimento de S. João Baptista de Tavira», foram os vencedores desta primeira edição do prémio, que será repartido pelos dois concorrentes.

A escolha da data de 21 de maio para a entrega do prémio foi propositada, já que nesta data António Rosa Mendes completaria 61 anos.

Ver mais
 
 Foto de noticia Foto de noticia 
  
Cacela Velha prepara-se para mais um Mercado de Trocas

A pitoresca vila de Cacela Velha recebe, no próximo domingo, dia 24 de maio, entre as 09h30 e as 13h00, mais uma edição do Mercado de Trocas, evento que possibilita a troca de bens ou serviços de forma direta.
Jornada de voluntariado limpa
Ria Formosa


A Associação de Defesa, Reabilitação, Investigação e Promoção do Património Natural e Cultural de Cacela (Adrip) promove, no próximo dia 31 de maio, mais uma ação de limpeza na Ria Formosa.
  
Ver maisVer mais
 
Agenda Cultural
  
 Foto do Evento Dia 23 [15h30 e 17h00] Foto do Evento Dia 23 [13h00 > 17h00] 
Música para Bebés
e Crianças
Torneio Regional
de Iniciados de Atletismo
Biblioteca Municipal | VRSA
Marcação: 281 510 050 Valor: 5€
Complexo Desportivo | VRSA
   
 Foto do Evento Dia 24 [10h00 > 13h00] Foto do Evento Dia 26 [a partir das 19h00] 
Exposição de
Automóveis Antigos
Festa dos Vizinhos

Praça Marquês de Pombal | VRSA

Bairro da Barquinha | VRSA
   
 Foto do Evento Dia 27 [18h00] Foto do Evento Dia 28 [10h00 > 12h30] 
Conversa sobre memórias
da escola antiga
Marcha pelo Coração

Arquivo Histórico Municipal | VRSA

Complexo Desportivo | VRSA